terça-feira, abril 24, 2007

IX Congresso Fenprof

O fim de semana passado ficou marcado pelo 9º Congresso da FENPROF que culminou na importante eleição de Mário Nogueira como Secretário-geral (451 votos contra 321 por Manuela Mendonça). Este representa uma vitória de um sindicalismo reinvindicativo, que defende os direitos dos trabalhadores e os mobiliza para a luta, e a derrota de uma outra forma que restringe o sindicato às camadas dirigentes, descorando a organização e contacto com os seus membros. "Que se cuidem e não esperem vida facilitada porque não a terão!". Estas foram as palavras de Mário Nogueira referindo-se aos ministros do Ensino Superior e da Educação e ao Primeiro Ministro, no encerramento do Congresso, que acabou em força, com a aprovação de uma Resolução sobre a Acção Reivindicativa.

Note-se que as importantes lutas dos professores nos últimos meses foram possíveis apesar da (anterior) direcção renovadora da FENPROF. Não foram promovidas ou fomentadas pela direcção. Esta inclusivamente, em algumas regiões, pouco fez para divulgar iniciativas de luta, para mobilizar os professores. As lutas foram fruto do trabalho empenhado de alguns dos sindicatos regionais de professores, como sejam o Sindicato dos Professores da Região Centro, que tinha como coordenador Mário Nogueira, e de muitos professores indignados com os ataques do Governo.

Tratou-se portanto de uma importante mudança na direcção do maior federação sindical portuguêsa, o que assume importância não só para as lutas gerais face às políticas neo-liberais do Governo, mas também como importante inversão da tendência reformista observada em alguns sindicatos. Como um elemento significativo da CGTP-IN, esta vitória na FENPROF irá contribuir para que esta central sindical mantenha, no seu próximo congresso, a sua linha histórica de frente sindical de massas, reinvidicativa, e combativa, distinta dessa outra central sindical que já quase não assinala o 1º de Maio, e que tem apenas a função de assinar acordos de concertação social para que o patronato possa gabar-se de ter o apoio dos trabalhadores.

Vejam este video com palavras de Mário Nogueira:

Um comentário:

DEUScronio disse...

Ora, aqui está uma noticia positiva no meio de tanta desgraça que graça pelo país. Foi uma vitória merecida e que já deve estar a preocupar muita gente...tanto a "esquerda" como à direita!

Camarada, continua com o bom Blog