segunda-feira, março 26, 2007

Este blog combate fascistas

Então o Toni Salazar ganhou o concurso de Grande Português. Não creio que seria motivo de grande preocupação, dado os envolventes e condicionantes de tal escrutínio, não fosse esse circo dar alento à extrema-direita em Portugal. E que ninguem se engane que "eles andam ai" e não são apenas uns skins, marginais à sociedade. Veja-se mais recentemente a tentativa de criar um museu em Santa Combadão, ou os tempos de antena do PNR. É um movimento organizado, "sóbrio", "respeitável", "democrático", com porta-vozes bem-falantes. Mas continuam a possuir nas veias um pulsar violento e intolerante.
Veja-se o caso recente na Faculdade de Letras. Meses atrás, a JCP pintou um mural no exterior da Faculdade com uma citação de Bertold Brecht: «Do rio que tudo arrasta todos dizem violento / mas não das margens que o oprimem.» Há cerca de 3 semanas, o mural foi pintado por cima com alusões fascistas. O colectivo organizou-se e foi prontamente pintar um mural alusivo ao 25 de Abril por cima das referências fascistas. Foram então confrontados com 40 skinheads, rapazes e raparigas, que os tentavam intimitar e obstruir. São confrontados também com agentes da Equipa de Intervenção Rápida da 3.ª Divisão da PSP, que os impedem de completar o novo mural (ver Avante!)
Ao que consta na Faculdade de Letras, a extrema-direita vai ganhando folgo, sendo frequente intimidarem outros estudantes, em particular estudantes comunistas e de esquerda. Vão mesmo candidatar-se à Associação de Estudantes (ver). Segundo o SOS Racismo um dos elementos da lista esteve envolvido no homicídio de Alcindo Monteiro, em Lisboa, em 1995. As eleições irão decorrer no princípio desta semana.
Em Letras já circula um manifesto aberto a assinaturas, e na 5ª
, às 15h30, na Esplanada da Faculdade de Letras (entrada principal, bar à esquerda no corredor), haverá um debate organizado pelo SOS Racismo com participação de Eduarda Dionísio e José Mário Branco.

3 comentários:

magnolia disse...

É preciso denunciar e resistir a esta apologia crescente ao fascismo. Portugal perdeu definitivamente a vergonha! Não me admirava nada que Sócrates começasse a lembrar a efeméride de Salazar. Basta ver o silêncio que emana do PS e os artigos de indivíduos socialistas, nos seus blogs, em defesa do museu Salazar. É preciso estarmos atentos! A este propósito também redigi este texto.

PR disse...

Também não gosto deles. Sou NR.

Anônimo disse...

Lá estão de novo os pseudos defensores das supostas liberdades, mas neste caso só se for somente para quem pensa como eles (comunistas). Ora vejam bem que esses meninos e meninas que mais parecem maltrapilhos defendem precisamente uma ideologia que até à data foi a mais assassina e depois lá veem com a ladainha do costume "que lutam contra a opressão, que são a favor das liberdades sejam elas quais forem, blá, blá, blá....
Tenham mas é juizo que para além de dizerem inverdades chegam e chegaram ao ponto de mentir descaradamente até no caso das eleições de estudantes na Faculdade de Letras de Lisboa (pois, era preciso vencer a todo o custo e "os meios justificam os fins", não é?). Já não basta serem hipócritas, agora também são mentirosos compulsivos e maniacos depressivos que têm a mania da perseguição dos fascistas e dos fascismos. Que ridiculo, enfim! Mas também não me admira nada, pois ao contrário de outras ideologias o comunismo e esquerdismo sempre se pautou pela mentira e útopia!
De qualquer das formas estas eleições foram encaradas para todos os elementos da lista x como uma verdadeira vitória, isto não tanto pelos votos em si, mas mais por ter conseguido esses mesmos votos (81), nas condições em que se disputaram, e também acabaram por servir os nossos interesses (pois não pensem que nada é feito por acaso no nosso meio), que foi sem duvida um pouco mais de propaganda que pelos vistos chegou a varias pessoas dentro e fora da faculdade, por isso o nosso mais sincero obgigado! Por último em relação a este ponto acabámos por demonstrar que em território esquerdista, portanto teoricamente hóstil, acabámos por demonstrar a nossa força contra tudo e contra todos de uma forma categórica e lá estaremos de novo rm peso se for preciso defender os nacionalistas de quaisquer ameaças e afrontas a camaradas heróicamente importantes, desta nossa luta que tanto nos honram nessa mesma faculdade!
Bem, de qualquer das maneiras fiquem bem cientes que a luta dos nacionalistas não há-de cessar, mesmo com este sistema "democrático" em constante e obsessiva perseguição politica aos nacionalistas a todos os niveis, que por um lado é bom, pois formam-se mais activos devido ao fruto proibido e o própio movimento tem mais e melhores combatentes!
Esta luta, já à muito a perderam nas ruas, pois como se sabe, a mesma é só para os mais fortes, portanto a luta mais premente passa sem dúvida pela participação política e divulgação dos ideais nacionalistas e mostrar a realidade precoce em que estes "pulhíticos" saídos da revolução da ladroagem que bem encheu os esquerdistas de então e de agora, nos mentem sucessivamente e destroiem aos poucos o que resta deste nosso Portugal.
Então, podem estar cientes desta luta contínua sem retorno e sem medo de quaisquer denúncias e outros tipos de malabarismos circences que os esfarrapaditos/as possam fazer. É curioso que estes mesmos comunistas e anarquistas que "sempre" foram contra as queixas e denuncias noutros tempos, sejam precisamente os mesmos que hoje apelam à denúncia e ao lápis azul. incrivel como as coisas mudam, pois afinal são contra o sistema, mas quando lhes convém socorrem-se deste mesmo sistema, o que só revela hipócrisia de personalidade.
Vá, vou-vos deixar em paz, pois esta discussão daria para estar eternamente a teclar, mas eu penso que nem vocés querem ouvir o que outros pensam, e daí, logo se ve que afinal também são intolerantes, como de certeza que hão-de sabiamente apagar muito rapidamente estas palavras "perigosas", mas verdadeiras e sem subterfúgios, para os vossos antiquados ideais!
Por um Portugal melhor!

P.S.- O vosso obrigado pela vossa atenção, que por muito que neguem, será efectivamente muita e toda ela bem escapulizada, nem que seja para depois tentar fazer quixinhas ao sistema, como é apanágio de quem se sente frustado!